Bem-aventurados os que sonham. Chama-os Deus poetas.*

domingo, 7 de outubro de 2018

TROVAS DESTACADAS

Trovas de Eliana Jimenez

Líricas/Filosóficas


As paixões têm seus segredos,
profundezas intocadas,
protegidas por rochedos
em distantes enseadas.


Ser feliz eu me propus
e segui esta verdade:
quem semeia a própria luz
colhe sempre claridade.


Todo mal eu minimizo;
ao sorrir, espalho o bem.
Quem põe num rosto um sorriso
sorri na alma também.




Se sou alvo, não me oponho,
a coragem dá franquia.
Quem na vida tem um sonho,
faz dos dardos fantasia.




Em versos de mil facetas
eu componho o meu intento:
com rede de borboletas
caço palavras ao vento.




Rios sujos, aviltados,
uma floresta abatida
mostram falta de cuidados
com a nossa própria vida.




Sem ação, ensinamento,
obra alguma a ser lembrada,
quem passou tal qual o vento
só viveu, não deixou nada.


Nas grandes tramas de amor,

o livro é ponte, em verdade,
que liga o autor ao leitor
em doce cumplicidade.



Se a vida me põe à prova,
eu aceito o desafio:
do infortúnio faço trova
e a tristeza ludibrio.


Humorísticas


Na vida e no galinheiro
o machão já entrou na linha;
lá do alto do poleiro
canta de galo... a galinha.


Vida boa, de ricaça,
passa o dia enchendo o bucho:
morar em sebo, pra traça,
é condomínio de luxo.


Uso o wi-fi do meu vizinho.

Sou esperto, uma raposa;
senha fácil... coitadinho:
é o nome da minha esposa!


domingo, 3 de setembro de 2017

Trovas premiadas destacadas tema CHAVE



Dentre as culpas, a mais grave
que tiveste ao ir embora,
foi fechar meu peito à chave
e jogar a chave fora...
Izo Goldman

Minhas mágoas mando embora,
bem antes que a dor se agrave...
Jogo a tristeza lá fora,
tranco a porta... e escondo a chave!
Marilúcia Rezende

Em meu peito ponho escoltas
contra um amor sem razão,
dando, de vez, duas voltas
na chave do coração!
Amália Max

Se pudesse, eu abriria
as portas do coração,
mas a chave - que ironia -
se perdeu numa ilusão...
Marisa Vieira Olivaes

Ante o mais grave problema,
escuta, sempre, a razão,
que a chave da tua algema
pode estar na tua mão!
Antonio Juraci Siqueira

Cantiga que me transporta
da angústia ao sono da paz
é o som da chave na porta
e teus passos, logo atrás!
Almerinda Liporage


Fonte: http://www.falandodetrova.com.br/







quarta-feira, 30 de agosto de 2017

TROVAS PREMIADAS DESTACADAS

XXII JOGOS FLORAIS DE POUSO ALEGRE (1999)

TEMA: ESPERANÇA - Âmbito Nacional/Internacional

Minha esperança é candeia
que, afrontando vendavais,
teimosamente, norteia
os meus pontos cardeais.
Darly O. Barros - São Paulo

Respeita o empenho constante,
o eterno recomeçar
de quem erra e segue avante,
na esperança de acertar.
Maria Helena C. M. Duarte - São Paulo

No viver o que mais cansa
são estas andanças vãs,
correndo atrás da esperança
e perseguindo amanhãs.
Izo Goldman - São Paulo

Sem me curvar à derrota,
nenhum desalento esboço,
e à esperança mais remota
respondo bem alto: - Eu posso!
Lourdes P. F. Guthrod - Rio de Janeiro

Se a minha esperança dorme,
e o sonho me vai fugindo,
vem outra esperança enorme,
e acorda a que está dormindo..
Fernando Teófilo

Nas odisséias da vida,
essa inquietante jornada,
esperança é mão erguida
que norteia a caminhada!
Marisa Vieira Olivaes - Porto Alegre / RS

Coração, mar insondável,
onde, entre a dor e o prazer,
cresce a esperança indomável
que se recusa a morrer.
Maria Helena C. Duarte - São Paulo



terça-feira, 29 de agosto de 2017

TROVAS PREMIADAS DESTACADAS

X CONCURSO DE TROVAS DE PINDAMONHANGABA - 2000

AMBITO NACIONAL - TEMA: "PASSADO"

Voltaste, mas teu regresso
não era mais esperado;
eu preferia, confesso,
tua saudade... e o passado!
ZAÉ JÚNIOR (SÃO PAULO/SP)

Eu sei que deu tudo errado
neste amor de insensatez...
Mas, se voltasse ao passado,
eu erraria... outra vez !
SÉRGIO FERREIRA DA SILVA (SÃO PAULO/SP)

Passado... viva candeia,
embora há muito afastado,
um livro que se folheia,
que não se guarda fechado.
MARIA HELENA CALAZANS M. DUARTE (SÃO PAULO/SP)

Se foi alegre ou foi triste,
se vai distante ou recente,
o passado sempre insiste
em deixar marcas na gente.
THEREZA COSTA VAL (BELO HORIZONTE/MG)

Se meu sonho angustiado
na saudade se acoberta,
eu fecho a porta ao passado
mas... deixo uma fresta aberta!
CAROLINA RAMOS (SANTOS/SP)

Tendo a saudade ao meu lado,
numa constância sem fim,
eu não vivo do passado,
é ele que vive em mim !
CAROLINA RAMOS (SANTOS/SP)



sexta-feira, 28 de julho de 2017

TROVAS PREMIADAS DESTACADAS

XXVI CONCURSO NACIONAL DE TROVAS DE PINDAMONHANGABA - 2016
           TEMA   NACIONAL- PARTIDA

Este é o sentido, afinal,
de toda e qualquer partida:
para o bem ou para o mal,
nova etapa... nova vida!
Maria Helena de O. Costa.
( Ponta Grossa-PR)

Minha vivência, partida
em mil cacos de tristeza,
fez,de partidas na vida,
mosaicos de fortaleza !
Dodora   Galinari.
( Belo Horizonte-M.G.)

Se a partida é dolorida
para quem fica a esperar,
dói muito mais quando a vida
não deixa quem foi... voltar.
Margarida Tanini.
( Juiz de Fora-M.G. )

Esquecer tua partida
eu desejo, sem revolta,
mas a saudade atrevida
volta-e-meia grita:-“ Volta!”.
Ercy Maria  M. de Faria.
( Bauru-S.P.)

Valente, na despedida,
ao desalento me oponho.
Pior que a tua partida
foi ver partir mais um sonho.
Wanda de Paula Mourthé.
Belo Horizonte-M.G.

Se existe amor de verdade,
como dói uma partida!...
É uma troca de saudade
durante o resto da vida!!!
Ercy Maria M. de Faria

( Bauru-S.P.)

terça-feira, 11 de julho de 2017

Homenagem à Dorothy Jansson Moretti


Poetisa e professora, assídua participante da
 Trova-legenda.
Amiga carinhosa que partiu em maio de 2017,
deixando muitas saudades.


Tão rápida corre a vida,
mas tendo-a presa a um cordel,
a gente a quer, submetida,
como pipa de papel.

Baixa o nível, cada dia,
e a cada marca atingida,
a água, em lenta agonia,
leva também... nossa vida.

Ao fascínio do dinheiro
tão nefanda é a tentação,
que até o homem bom, e inteiro,
titubeia ao dizer...”Não!”

Deslumbrada a cerejeira,
lenta, despe-se vaidosa,
espelhando-se, faceira,
no tapete cor de rosa.

A alegria da criança
é cenário colorido,
onde flutua a esperança
que empresta à vida o sentido.

Há na aliança desses braços
a força inata e louçã
que nos prediz entrelaços
de um lindo e claro amanhã!

Rompe os elos o Direito,
e unidas, enfim, as mãos,
arrasa-se o preconceito:
negro e branco são irmãos!

Velado à fumaça horrível,
agoniza um céu cinéreo
onde a ganância, insensível,
já pôs também seu império.

Há em tua carta carinho
e tanta ternura aliada,
que ao ler cada pedacinho,
eu já me sinto abraçada!

Leva o barco as nossa mágoas,
sulcando as ondas, além,
mas do outro lado das águas,
leva esperanças a alguém.

A cada golpe que malha
a rude pedra, o escultor
bendiz o cinzel que entalha
a estátua do seu amor.

Nunca mais o trem passou,
mas ouço-lhe ainda o apito...
O silêncio eternizou
a saudade do seu grito.

No sobe e desce da escada,
tenho a estranha sensação
que a vida é uma escorregada
no tobogã da ilusão.

Fotos, lembranças guardadas
no escrínio do coração,
nossas vidas perpetuadas
em pedaços de cartão.

Vendo as araras, serenas,
sobrevoando a floresta,
triste, eu pressinto que apenas
tão pouca vida lhes resta.

A Terra é azul!!!” Lá da altura
não se percebe a incoerência,
camuflada a cor escura
das guerras, droga e violência.

Passa o tempo, sem piedade,
mas o casal sonhador
celebra, em meio à saudade,
a eternidade do amor.

Beija a lua e foge o vento.
Receosa ela fita o mar...
e ele estilhaça, ciumento,
em mil cacos o luar.

Mostrando-me ao longe o porto,
a luz de um farol me anima,
e o meu poema... quase morto,
navega em busca da rima.

Do que agitou nossas almas
restam sonhos calcinados,
cingindo as crateras calmas
de dois vulcões apagados.

sábado, 1 de julho de 2017

Homenagem à Angélica Villela Santos de Taubaté/SP



Angélica dedicou sua vida ao magistério, à trova e à poesia. 
Participou de quase todas as edições da Trova-legenda. 
Fique com Deus irmã de sonhos!


Velha ponte de madeira
ligando a roça à cidade,
foi a passagem primeira
do meu sonho à realidade.

As bandeiras tremulando,
e pelo vento abraçadas,
a todos nós vão mostrando
as nações sempre aliadas.

Na primaveril paisagem,
enfeitando a natureza,
vemos de Deus a mensagem:
"sempre unidos, na beleza!"

A pipa que a nossa infância
faz ao mais alto chegar,
representa a nossa ânsia
de nossa vida elevar.

Às crianças ensinemos
que a nossa união é que traz
a este mundo em que vivemos,
a grande benção da paz!

Junto à bola, uma criança,
na pobreza do sertão,
sonha e acalenta a esperança
de um dia ser campeão...

Com amor sempre presente
e a força da educação,
livraremos o carente
dos grilhões da exploração!

Um bom livro nos envolve,
dá prazer e distração;
é um amigo que dissolve
o amargor da solidão!

Um barquinho vai singrando
numa paisagem formosa
e consigo vai levando
os meus sonhos cor-de-rosa...

Devagar, mas com prazer, 
o homem, sem ficar a esmo,
usa o cinzel do Saber,
vai modelando a si mesmo.

Quando eu lembro e se avantaja
minha vida de criança,
só a saudade viaja
nos trens da minha lembrança...

Crianças são como flores
que enfeitam na Primavera.
São buquês de várias cores
que a natureza libera.

Céu e mata refletindo
nas águas claras de um rio,
a nós estão exibindo
um meio-ambiente sadio!

A lua cheia é artista
que em sombras pinta uma tela
de beleza nunca vista
e só mostrada por ela.

Buscando a Felicidade
ao longo dos dias meus,
sigo a seta da Verdade,
que indica o reino de Deus!

Com versos a se espalharem,
eu subo morros, ao léu,
para meus sonhos se alçarem
até as nuvens do céu!

sábado, 1 de outubro de 2016

Participe até 31 de outubro de 2016



Modalidade: trova em português

Tema: As trovas deverão ser inéditas e tratar de questões relativas à natureza e ao meio ambiente, seja na valorização dos espaços naturais, seja na preocupação com a degradação ambiental. Não há nenhuma palavra-tema específica que deva constar do trabalho.

Prazo: até 31 de outubro de 2016

Envio: somente para o e-mail poesianoonibusbc@gmail.com

Escrever a trova no corpo do e-mail e logo abaixo o nome, endereço completo com CEP, e-mail e telefones para contato.

Somente 1 trova por participante.

Seleção: 10 trovas vencedoras

Premiação: veiculação da trova, em adesivo, colada nas janelas dos ônibus que circulam em Balneário Camboriú e recebimento de coletânea com os trabalhos vencedores.

 O concurso contempla também a modalidade poesia livre, veja o regulamento completo no link:
http://poesianoonibusbc.blogspot.com.br/

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Trova-legenda Bandeiras



Teriam mais relevância
as bandeiras hasteadas,
se o respeito e a tolerância
fossem normas praticadas.
​Marina Valente

Toda emoção vem mais forte,
junto da nossa bandeira
que vai nos servir de norte,
quando a terra é estrangeira.
Talita Batista

Traz emoções verdadeiras
de um  mundo pacificado,
o tremular das bandeiras,
hasteadas lado a lado!
Carolina Ramos

Nuvens brancas, céu bonito,
e as bandeiras tremulando,
em eco, dizem, num grito,
nossa paz está chegando!
 Gislaine Canales

Bandeiras foram erguidas
Representando nações
Quisera sempre unidas
Alegrando corações
Danusa Almeida

As bandeiras tremulando,
num colorido profundo,
pedem aos céus, implorando,
que a paz seja a cor do mundo...
Milton Souza

A exibir o seu cartaz,
bandeira de toda cor...
Falta a bandeira da paz
e a bandeirinha do amor!
Prof. Garcia

Se irmanados numa voz
qual nos jogos, as nações,
o ódio não mais será algoz…
seremos todos irmãos.
José Feldman

Cada bandeira balança
ao passar suave brisa
e clama por temperança,
por um mundo sem divisa...
Cristina Cacossi 

Ergam atletas do mundo
as bandeiras da amizade,
com os jogos o fecundo
valor da fraternidade.
José Marins

Nota como são os ventos:
nas mais diversas maneiras,
mas sem fazer julgamentos,
beijam todas as bandeiras...
José Fabiano

Tremulando ao vento assim,
tão belas, tão altaneiras...
Demonstram união sem fim,
de nações tão companheiras!
Lourice C. Saliba

Ao reunir das bandeiras,
queria que fosse em paz,
que as guerras fossem herdeiras
da mensagem "Aqui jaz!"
Antonio Cabral Filho


As bandeiras tremulando,
simbolizando nações.
Atletas se apresentando
e vibrando os corações.
Maria Zilnete de Moraes Gomes

As bandeiras descerradas
prenunciam, com certeza,
concórdia e paz almejadas
pelos povos, com presteza.
José Kalil Salles

Por todas eu tenho apreço,
mas entre as da Terra inteira, 
Bandeira alguma conheço
mais linda que a Brasileira!
Amilton Maciel Monteiro

Na grande festa do esporte,
eu vejo bandeiras mil,
e todas têm como norte
a bandeira do Brasil!
Luiz Carlos Abritta

Quando a paz entre as nações
fala mais alto que a guerra,
seus diferentes pendões
afloram juntos, da terra.
Francisco José Pessoa

As bandeiras multicores
de formatos variados,
representam os valores
de solos abençoados!
Alberto Paco

Só por amor desfraldadas,
motivem-se as bandeiras
a ficarem aliadas
contra todas as fronteiras.
Lóla Prata 

Entre todas as bandeiras,
neste lindo azul anil.
Destaca sobremaneira,
a bandeira do Brasil...
Ignez Freitas

Tendo as glórias verdadeiras...
Feito as cortinas do Mundo -
Gravitam no ar as Bandeiras...
Sustentando o que é profundo!
Ana Maria Guerrize Gouveia

 Num abraço de nações
Recebemos todo o Mundo:
Nossas miscigenações
Provam nosso amor profundo.
Ricardo Marques.


As bandeiras desfraldadas 
tendo o céu azul ao fundo,
parecem mãos agitadas
clamando paz para o mundo!
Juraci Siqueira

Bandeiras, bailando ao vento,
no céu deste meu país
tornam, por algum momento,
nosso povo mais feliz!
Leonila Yvonneti Spina

Bandeiras em mãos amigas
seguindo ao mesmo portal
revelam o fim de intrigas
consagrando paz mundial !
João Batista Xavier Oliveira

O tremular da bandeira
com o civismo brilhando;
sempre de forma faceira
o país simbolizando.
Agostinho Rodrigues

A bandeira do Brasil
balança com uma dança
no nosso céu cor de anil
e clama por esperança.
Madalena Ferrante Pizzatto

União entre as nações
e Bandeiras multicores
foram belas vibrações
aos atletas vencedores!
Nadir Giovanelli

Tremulando no infinito
e louvando o Criador,
entre a terra e o céu, um grito,
pedindo só Paz e Amor!
Gasparini Filho

Diante de tanta bandeira
cada qual com esplendor,
eu destaco a brasileira...
que por ela ...eu tenho amor!..
Nair Lopes Rodrigues

São bandeiras tremulando ,
trabalho povos nações
unem almas que brilhando
trazem paz às gerações.
Elenir Ferreira

Juntas, bandeiras ao vento,
vibrando como os campeões,
definem o sentimento
da amizade entre as nações!
Glória Tabet Marson


As bandeiras desfraldadas,
em céu de serenidade,
são nossas mãos irmanadas
pelo bem da Humanidade."
Elisabete Aguiar

Por bandeiras apartados,
Os povos do mundo estão - 
por que estamos separados 
se somos todos irmãos?
Sonia Regina Rocha Rodrigues

Como aves vejo-as voando:
voam por todo o universo.
Com o vento se agitando, 
nossa bandeira é meu verso!
Paulo Walbach Prestes

Quando a bandeira se agita
no mastro, ao sabor do vento,
amo esta imagem bonita,
coroando este momento.
Janske Schlenker

Vibram pavilhões, ao vento,
unidos por bom esporte!
Que a paz, que engloba o momento,
das nações, seja o suporte!
Mercedes Lisbôa Sutilo

As bandeiras desfraldadas
acima dos desiguais,
encampam mãos apertadas:
"Os preconceitos jamais!".
Wagner Marques Lopes

Bandeiras que, feito flores,
enfeitam o céu de anil,
representam as mil cores
do nosso imenso Brasil !!!
Colavite Filho

As bandeiras tremulando,
e pelo vento abraçadas,
a todos nós vão mostrando
as nações sempre aliadas.
Angelica Villela Santos


Agradeço o comentário
que fez a correção das trovas.

Obrigada pela participação!

Vídeo;